Telefone: +55 (73) 98804 8386

marciopassos@gerasol.emp.br

Energia solar fotovoltaica \ Projeto \ Instalação

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

SAIBA O QUE É ENERGIA FOTOVOLTAICA

A energia fotovoltaica é a energia elétrica produzida através da conversão direta da luz do sol em eletricidade através de um fenômeno físico chamado de efeito fotovoltaico. As células fotovoltaicas, compostas de material semicondutor, são as unidades fundamentais deste processo, e quando agrupadas, formam o módulo fotovoltaico (popularmente conhecido como “placa”).

O potencial da energia fotovoltaica no Brasil é vista como uma tecnologia de energia limpa e sustentável, que se baseia na fonte renovável de energia mais abundante e amplamente disponível no planeta – O SOL. O Brasil possui um potencial gigantesco para se aproveitar. 

A potência instalada mundial de fotovoltaica já atingiu 300GW .Graças a este crescimento, e a constante sofisticação da tecnologia, o custo da energia solar fotovoltaica baixou gradualmente desde o inicio do seu desenvolvimento. Isso, aliado ao aumento da eficiência dos componentes, contribuiu para que o custo médio de geração elétrica fotovoltaica seja já competitivo com relação as fontes de energia convencionais. Previsões estimam que a partir de 2024 a energia fotovoltaica torne-se a fonte de energia mais barata do mundo.

Existem inúmeras variações de painéis fotovoltaicos, mas para se ter uma ideia, um painel solar comum terá aproximadamente 1,65 m² e pesará pouco mais de 12 Kg, é feito de 60 células solares capazes de produzir cerca de 38 volts em corrente contínua numa potência de até 260 watts. Os modelos geralmente variam de cinco até 330 watts de potência máxima, dependendo, principalmente da quantidade e eficiência das células utilizadas. Além disso, um sistema de captação de energia solar pode ter vários painéis fotovoltaicos montados. Dessa maneira, é possível trabalhar tanto com potências como com tensões mais desejadas de saída do sistema de energia solar.

Sistemas conectados à rede:

Com a publicação da Resolução Normativa 482/2012 pela Aneel juntamente com  a revisão do Módulo 3 do Prodist, foram estabelecidos procedimentos para conexão de microgeradores ( até 75 k Wp) e minigeradores ( Potência entre 75kWp e 5 MWp)  de energia elétrica à rede de distribuição, desde que utilizem fontes renováveis de energia ou cogeração com elevada eficiência energética. Em paralelo, com a criação do Sistema de Compensação de Energia, permitiu assim que estes geradores de energia instalados em residências, comercio e indústria, possam ser conectados à rede da concessionária local, atendendo ao consumo imediato, injetando o excedente na rede e gerando assim créditos ao consumidor. Desta feita é possível quase zerarmos a conta de energia com o uso da energia solar, sendo possível o pagamento apenas da taxa de disponibilidade cobrada pela Concessionária. 

Em resumo:

Quando a geração for maior que o consumo, o excedente é injetado na rede da concessionária gerando créditos de energia.

Quando o consumo for maior que a geração, a rede elétrica supre a diferença. 

Os créditos gerados podem ser utilizados para abater o consumo, diminuindo o valor da conta de energia.

Os créditos excedentes gerados poderão ser usados nos meses seguintes, tendo validade de 60 meses. Podendo ainda ser utilizados para compensar o consumo de outras unidades consumidoras pertencentes ao mesmo CPF ou CNPJ, previamente cadastrados no sistema de compensação.

 

Sistemas isolados ou autônomos:

Nos locais onde não há disponibilidade da rede de distribuição da concessionária, é possível através da geração solar fotovoltaica, atender o consumo durante o dia, e armazenar o excedente em baterias para consumo à noite ou em dias com pouca luz solar. Ideal para locais remotos e áreas rurais. 

COMO FUNCIONA A ENERGIA SOLAR PARA CASAS E EMPRESAS

1- O painel solar no telhado da casa gera energia elétrica (em corrente continua) quando a Luz do Sol incide nele.

2- A energia gerada pelo painel solar passa por um inversor solar que alterna a corrente continua para alternada e, equaliza com a freqüência da sua residência. (60Hz). Desta forma a energia solar esta agora igual a da rede elétrica.

3- A energia sai do inversor e é conectada na rede de energia da sua casa, normalmente o sistema é conectado no quadro de luz.

4- Essa energia vai sendo utilizada pelas luzes da casa, eletrodomésticos e tudo o que consome energia que esteja conectado na tomada. Se não tiver sol suficiente o resto da energia é fornecido pela Distribuidora de energia. (Você nem percebe a diferença!)

5- Se a sua casa gerar mais energia solar do que esta consumindo naquele momento a energia extra vai para a rede da distribuidora e gera um “crédito de energia” para você. (esse crédito tem 60 meses de validade e será usado automaticamente se você gerar menos energia do que esta consumindo. Ex: um dia de muita chuva)

COMO FUNCIONA A CAPTAÇÃO
DE ENERGIA SOLAR

CAPTAÇÃO DA ENERGIA SOLAR

As células fotovoltaicas são formadas por, no mínimo, duas camadas de materiais semicondutores, um com carga positiva e o outro, com carga negativa. Os materiais exibem propriedades que os fazem absorver fótons e liberar elétrons. Quando a camada negativa da célula tiver absorvido fótons suficientes, os elétrons são liberados, migrando para a camada positiva. Assim é criada uma diferença de potência entre as duas camadas como acontecem em uma célula comum.

O painel fotovoltaico reage à luz solar e produz energia elétrica, que chamamos de energia fotovoltaica. Isso acontece porque um inversor converte a energia do sol coletada pelos painéis fotovoltaicos em energia elétrica.

DO SOL ÀS TOMADAS: A CONVERSÃO FOTOVOLTAICA

Para que possamos utilizar essa energia em nossas casas, ela precisa ser convertida em corrente alternada, que é o modo como a maioria dos nossos aparelhos elétricos opera atualmente. Esse processo é feito por meio de um equipamento chamado inversor de frequência. As placas fotovoltaicas podem ser ligadas tanto em baterias quanto diretamente na rede de distribuição da companhia de energia. Em nossas casas, elas podem ser instaladas no telhado, no solo ou em fachadas, integrando-se ao projeto de arquitetura.

UTILIZAÇÃO DA ENERGIA

A Energia Solar é aplicável em quaisquer circunstâncias. Como fonte térmica, ela pode ser utilizada no aquecimento de água para uso residencial, para uso industrial, no aquecimento de ar (para ser utilizado na secagem de produtos agrícolas) e no aquecimento de ambientes. Como fonte de energia elétrica, ela pode ser aplicada em diversas situações, como dessalinização de água, iluminação pública, sinalização marítima, entre outros;

CRÉDITOS

Créditos de energia são gerados por excedente de geração energética de unidades domésticas. Quem tem um sistema de geração de energia solar fotovoltaica em casa pode gerar créditos de energia para descontar na fatura de sua conta de luz no fim do mês. Contudo, é preciso ficar atento à regulamentação para saber como funciona este sistema e como se beneficiar dele. Existem dois tipos de sistemas fotovoltaicos. O off-grid, que é isolado em relação à rede pública de eletricidade, e o on-grid, que é ligado aos postes de luz. Nos sistemas on-grid, quando falta energia na unidade geradora, é possível comprar eletricidade da rede pública. Quando há excedente de geração, ela é direcionada à rede pública para ser usada por outros consumidores, o que gera créditos de energia em Kwh para a unidade geradora daquele excedente. Apenas os usuários cativos podem participar do sistema de compensação de créditos de energia. Estes são os consumidores que estão necessariamente ligados a uma concessionária energética. Os consumidores livres são aqueles que fazem a compra de sua energia diretamente de outros geradores sem passar pela distribuidora, em uma negociação que não gera créditos de energia.

Sustentabilidade:

A energia produzida por placas fotovoltaicas nada mais é que a transformação da energia solar em energia elétrica. Durante um ano o sol produz energia quatro milhões de vezes a mais do que consumimos, e é uma energia limpa, gratuita, sem danos a natureza e renovável.
A energia solar não polui e ao utilizarmos ela como fonte de energia reduzimos o uso de combustíveis fosseis e emissões de gases que destroem a camada de ozônio.
Por ser uma fonte de energia renovável ela nunca irá acabar e evitamos retirar da natureza fontes de energia que não são renováveis, e causamos menos impactos à natureza.

Próxima página

ENDEREÇO

Nelson Costa

Rua: Jacarandá, 396, térreo 

São Francisco – Ilhéus – BA

CEP 45655-092

+55 (73) 98804 8386

© Gerasol. Todos os direitos reservados